Casa D. Amélia

Olá suas orquídeas lindas.

O post inaugural deste espaço, que pretende ser uma espécie de Bíblia sobre a iguaria do Porto, é justamente sobre uma francesinha oriunda de, pasmem-se, Vila Nova de Gaia. É mesmo para causar aquela polemicazinha inicial boa. Podia ter sido em Canelas que tão em voga está (pelos piores motivos) mas foi em (na?) Madalena.

Os suspeitos do costume reuniram-se e decidiu-se unanimamente visitar a Casa D. Amélia.

Foi necessário recorrer ao GPS para dar com o local. Fica numa rua sem saída, mas se há coisa que as francesinhas desta casa têm é saída. Pudemos comprovar isso através do facebook deste restaurante: não era raro terem lotação esgotada. Ainda bem que ligámos para reservar mesa.

Entrámos e fomos levados até à nossa mesa sem grandes demoras ou politiquices. Pedimos os príncipes (e houve também espaço para a inclusão social daqueles que bebem colinha quando comem francesinha). A cerveja Sagres (nota-se tão bem que já estamos abaixo do Douro) cumpriu mas não maravilhou. Era a única marca de cerveja a constar na carta.

DSC07594.JPG

Peer pressure ou não, fomos todos para a francesinha especial com ovo. Pedido feito, resta esperar e gozar com o Porto e Benfica.

Um pormenor interessante: antes da francesinha chegar à mesa são servidas molheiras.

DSC07599.JPG

Assim vai-se matando a curiosidade, cheirando o molho e tentando adivinhar os seus ingredientes. Houve quem dissesse que cheirava a carne assada.

DSC07603.JPG

As respetivas vão chegando à mesa e a sua beleza convence.

As batatas fritas (infelizmente das ultra-congeladas) ajudam a pintar o cenário. Uma ou duas batatas fritas mergulham no molho e há quem consiga identificar notas de carne assada e de marisco.

DSC07605.JPG

O molho revela o seu picante no final da boca.

Uma francesinha bem constituída, que vai a gratinar no forno a lenha, em que os ingredientes trabalham muito bem uns com os outros para transmitir boas sensações ao paladar.

DSC07607.JPG

De frisar o molho malcriado: além de o nome suscitar curiosidade, é picante mas delicioso.

Vamos a contas:

Ov Pa Bo Pe Gu Fr Final
 bebida 3 N/A 3 3 3 3 3
 molho 3 3,5 3,2 3,6 3,5 3,5 3,38
 recheio 3,5 3 3,2 3 3 3,4 3,18
 batata 3 3 3 3 3,3 3 3,05
 Espaço/atendimento 3,7 3,9 3,7 3,9 3,7 3,5 3,73
 Preço/qualidade 4 4 4 4 4 4 4
 Final 3,37 3,48 3,35 3,42 3,42 3,4 3,39

Uma refeição na Casa D. Amélia é coisa para ficar abaixo dos 10 euros: uma francesinha especial com ovo e batata (€7,50) + 1 príncipe 30cl (1,50€) + 1 café (€0,60) valem 9,60€.

Esperamos sinceramente que gostem tanto de nos acompanhar por aqui como nós gostamos de nos encontrar por aí, para provar e aconselhar. Que as nossas sugestões sejam bem seguidas.

Casa Dona Amélia Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Advertisements

2 thoughts on “Casa D. Amélia

    1. Olá João,

      Obrigado pelo interesse demonstrado. São as abreviaturas das alcunhas das pessoas que estiveram presentes neste jantar.

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s