Brasão Cervejaria Coliseu – Porto

Olá pessoas,

Foi com muita curiosidade que acompanhámos os desenvolvimentos do Brasão Coliseu. A casa original, pertinho dos Aliados, é um caso sério de popularidade, onde se pode comer uma francesinha de muita qualidade. Assim que anunciaram a abertura de um novo espaço não tardou muito até combinarmos uma visita para dar ao serrote (e ao dente também).

Esta casa encontra-se num sítio geograficamente estratégico. Pertíssimo do Coliseu e em frente a um colosso na arte de fazer francesinhas: o Café Santiago. Além disso, tem espaço para IMENSA gente. Dá à vontadinha para juntar duas tunas masculinas, uma feminina e ainda sobra espaço para as bodas de prata da avó Concertina e do avô Teolindo.

Os olhos também comem e os responsáveis deste local sabem disso. Imensa madeira e louça, um bar por cada piso e muita pinta no geral, como na localização original. Estes fatores  fazem deste estabelecimento um ótimo sítio para trazer aquele amigo lisboeta que do Porto só conhece a VCI.

1.JPG

A carta conta agora com mais opções de cerveja à pressão: a Brasão by Sovina, uma cerveja do estilo Indian Pale Ale que já conhecíamos tem agora mais companhia, responsabilidade da Sovina – estilo Weiss, Stout e Bock.

O atendimento teve algumas falhas. Quando pedimos as bebidas, o empregado assumiu que queríamos as cervejas de pressão em canecas de 40cl em vez de copos de 25cl. Pedimos explicitamente francesinhas com ovo e batata frita e as primeiras a chegar à mesa foram servidas sem ovo. Prontamente corrigiram a situação mas são pequenas coisas que nunca vimos acontecer no irmão mais velho.

As ditas cujas chegam à mesa e ouvimos o clássico aviso acerca da alta temperatura a que se encontram os pratos. O prato encontra-se efetivamente bastante quente e emana um agradável cheiro. A fome, que já não era pouca, fez-se manifestar através dos grunhidos do estômago.

3.JPG

Chegam também pouco tempo depois recipientes de barro com mais molho de francesinha. As primeiras impressões sobre o molho são boas, com uma leve presença de picante.

3_1.JPG

As batatas são caseiras mas já chegam à mesa arrefecidas, algo amolecidas pela espera. São boas mas nada que motive enviar um postal para casa a escrever sobre elas.

Os guardanapos são de pano (ótima decisão) e os talheres, de elevada qualidade, são feitos em Portugal. A francesinha é bonita. Mas depressa aprendemos que não devemos julgar o livro pela capa.

Começam as primeiras garfadas e há alguma desilusão estampada nos rostos. As expectativas estavam muito altas e é impossível não tecer comparações com o outro restaurante com o mesmo nome. Estão uns furos abaixo das que são servidas na Rua de Ramalho Ortigão. Não estamos numa cadeia de fast food em que a receita é a mesma seja em Fafe seja em Alfornelos.

Mesmo entre as francesinhas que chegaram à mesa, havia diferenças no recheio. Algumas tinham presunto, algumas tinham bacon, algumas tinham aquilo que parecia ser salsichas de lata… Escolhemos focar-nos nos bons exemplos:

4.JPG

 

Vamos então a números:

Uma francesinha com ovo custa €9,50. As batatas saem à parte e custam €2,70 a dose ou €1,70 meia dose. Se quisermos provar a cerveja da casa acrescentamos €2,60 e €1,30 se quisermos café.

A avaliação do grupo (escala de 0 a 5) foi a seguinte:

brasao.PNG

Esperamos por vocês na próxima publicação!

Brasão Cervejaria Coliseu Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s