Regaleira – Porto

Muito se debate nas redes sociais sobre a originalidade. O que é afinal ser-se autêntico? É ser o primeiro? Todas estas questões inquietam e provocam fome.

E é por isso que fomos até à Regaleira. Este restaurante gaba-se de ser a casa daquela que foi a primeira francesinha da história, da autoria de Daniel Silva nos idos anos 50. Será que saímos de lá regalados?

1.JPG

Todo o restaurante é um regresso ao passado. O letreiro em néon à entrada condiz com a mobília da sala, com a farda dos empregados e com os bigodes. Este estilo clássico faz todo o sentido num espaço em que se pretende conhecer a origem desta iguaria que nos move. Havia clientes a comer outras coisas com bom aspeto.

Com bastante calma e simpatia o empregado responsável pela nossa mesa toma nota dos nossos pedidos : cerveja, à caneca ou em copo de fino. Nada de negativo a apontar.

2.JPG

Em relação às francesinhas havia a opção tradicional, em pão bijou e com carne assada, a “intermédia” com carne assada em pão de forma e a “moderna” com bife e pão de forma (estes nomes foram inventados por nós). Dividiram-se as opiniões entre pão bijou e pão de forma mas no final toda a gente optou pela versão com carne assada, com batata frita e ovo.

Quando as batatas fritas chegam à mesa é impossível não as comparar com as Ruffles.

3.JPG

Muito crocantes e ainda a escorrer algum óleo e são servidas sem sal. Cada um que as tempere como mais desejar. Aparentam ser fritas no mesmo óleo que é usado para fritar as pataniscas e por isso transporta alguns sabores estranhos à batata, o que provocou opiniões muito distintas.

As francesinhas são depositadas na mesa, uma a uma. Os olhos gostam e o nariz aprova. Vemos aqui a versão em pão de forma (€9,60).

4.JPG

E aqui vemos a versão em pão bijou (€8,60).

5.JPG

O molho provoca reações diferentes nos elementos que se reuniram à mesa. Mais escuro que o que estamos habituados a ver, picante q.b., sem vestígios de tomate e um travo a caril.

As primeiras garfadas são sempre muito importantes e neste caso revelaram-se satisfatórias. Pão torrado, que absorveu algum aroma da carne, ajuda a que a francesinha não se desmanche quando em contacto com a faca. A carne assada resulta e todos os ingredientes são de qualidade.

6.JPG

A brincadeira de regressar ao passado vem com um custo associado. É coisa para custar em média 15€, com entradas e café.

Vamos aos números:

rega.PNG

Está aberto ao domingo mas fechado ao sábado e aceitam reservas por telefone.

Regaleira Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s